Link para o livro “Da linguagem oral à língua escrita”

Presentinho de véspera de Dia do Trabalho, com uma homenagem nossa todos os trabalhadores, particularmente aos trabalhadores da educação! Mas o livro é muito legal para pais também!

Trata-se do livro Da Língua Oral à Língua Escrita: desenvolvimento dos 3 aos 6 anos para pais e professores das fonoaudiólogas Renata Mousinho, Evelin Schmid, Fernanda Mesquita e Gladis dos Santos que são fonoaudiólogas, especialistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro e ligadas ao Projeto ELO – escrita, leitura e oralidade. Esse projeto fica localizado no Centro de Referência em Dislexia da UFRJ, localizado no Instituto de Neurologia Deolindo Couto da mesma universidade, no campus da Praia Vermelha, pertinho do Pão de Açúcar no Rio de Janeiro. O Projeto ELO atende 50 crianças em idade escolar em um ambulatório de transtornos da leitura e da escrita, oferece também orientações a pais e palestras para profissionais.

As quatro profissionais do Projeto escreveram o livro e disponibilizaram a versão em PDF para que as famílias e profissionais da educação pudessem ter acesso sem custo. A versão em papel foi distribuída gratuitamente, entre outras, para os profissionais da educação da Prefeitura do Rio de Janeiro. Quem se interessar, pode baixar o arquivo e imprimir o seu para grupos de estudo, por exemplo. Esse projeto teve o patrocínio do Instituto ABCD (do qual sou conselheira), que trabalha o tema da dislexia e transtornos de aprendizagem em várias frentes.

O livro explica em termos super simples o que é a linguagem oral e a escrita e como elas são inerentes à convivência social entre seres humanos, embora aprender a se comunicar oralmente seja bem mais fácil e natural que a ler e a escrever. COmentário meu: essa diferença é a raíz de um dos problemas mais sérios da educação brasileira – tem muita gente da área que acha que é quase a mesma coisa….aí todo mundo aprende a falar, mas só a metade dos brasileiros que frequentam a escola aprendem a ler e a escrever corretamente.

A linguagem e suas formalidades não são algo feito para encher a cabeça ou oprimir quem não fala corretamente, uma percepção bastante difundida, mesmo entre educadores, que, por exemplo, acham que Gramática é algo menos importante. As regras de cada língua ajudam a organizar as ideias para que se possa comunicar de maneira efetiva. Esse processo começa com os bebês!

O livro explica em detalhes cada etapa do desenvolvimento das crianças, dos 3 aos 6 anos de idade, com exemplos bem simples para que qualquer um possa acompanhar. A terceira parte explica como cada tipo de brincadeira ajuda no desenvolvimento global das crianças. As inocentes brincadeiras fazem parte da intenção de desenvolver as crianças e fazer com que elas aprendam….

 

Boa leitura!

Obrigada por enviar seu comentário objetivo e respeitoso.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: